Bares e restaurantes já estão preparados para movimento dos festejos juninos

Foto: Júnior Almeida

O setor de bares e restaurantes já está preparado para os dias de movimento durante os festejos juninos em Sergipe. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes Seccional Sergipe (Abrasel/SE), no mês de junho há um crescimento médio de 30% em relação aos demais meses. Neste ano, com a divulgação prévia da programação, os investimentos e melhorias encabeçados pelo Governo do Estado, o aumento será ainda maior, com um crescimento esperado de mais de 30% em relação a junho de 2023. 

Para atender o público, os estabelecimentos investiram no planejamento prévio, na organização e na capacitação. Os proprietários não escondem as expectativas, pois a programação de 60 dias de festas com o Arraiá do Povo e Vila do Forró, na Orla da Atalaia, além dos demais eventos promovidos e apoiados pelo Governo do Estado, impulsiona a movimentação na região. 

O vice-presidente da Abrasel/SE e proprietário de restaurante, João Guilherme Almeida, comenta que a Vila da Páscoa, que celebrou um evento nem tão tradicional no Nordeste, foi um sucesso, então o setor está com muitas expectativas para os festejos juninos de 2024. “Estamos caminhando para um grande São João. A gente tem se preparado e a expectativa é muito grande para toda a cadeia produtiva. Funcionamos em cadeia, e os hoteis, guias turísticos e agências se movimentaram”, comenta. 

O entusiasmo é compartilhado por Hamilton Santana, também dono de restaurante na Orla da Atalaia. “Gostaria que São João fosse o ano todo. E todas essas festas organizadas pelo Governo servem para fomentar a economia. Campina Grande e Caruaru fazem grandes forrós, mas a nível de estado, Sergipe realmente é o país do forró”, enfatiza.

Ambos destacam a antecedência do Governo de Sergipe em divulgar a programação junina, que facilitou o planejamento para junho. Além disso, a divulgação do Destino Sergipe em várias cidades pelo Brasil reforçou o nome do estado, o que promete atrair mais turistas, o que motivou, inclusive, o aumento de 10 mil assentos a mais nos voos para a capital durante o período junino . Os bons resultados do Carnaval e da Páscoa fizeram com que muitos empregos temporários fossem mantidos, o que permite um trabalho ainda maior neste mês de festejos.

Importância dos eventos

Para os empresários dos bares e restaurantes, junho é mês de muito trabalho e, por isso mesmo, é uma grande oportunidade de geração de empregos e aquecimento da economia. “O mês junino é o mês da safra. Junho é maravilhoso, tem forró em todos os lugares. O bar que não quiser se inventar e criar uma motivação, fica negativo. São grandes festas, com atrações a nível nacional. O mês de junho é trabalhoso, mas eu agradeço muito”, enfatiza Hamilton Santana.

João Guilherme reforça a importância dos eventos promovidos pelo Governo do Estado para o crescimento recorde que é esperado para este mês de julho. “Não me recordo de uma festa assim nos últimos 10 anos. Evento não é só festa. É geração de emprego, de renda, o empresário que paga suas contas e seus impostos, mantendo os empregos. Como sergipano, aracajuano e empresário, torço muito pela fixação e crescimento da festa de um modo geral, porque ela é nossa. O São João é nosso”, salienta.

Assessoria de Comunicação

WhatsApp Image 2024-07-11 at 10.09
Banda Nata do Samba vai se apresentar em Aracaju nesta sexta-feira (12)
IMG_20240702_004334_115
Abrahão Crispim será homenageado na festa dos 90 anos do SEEB/SE
andersonramos_presidenteaci
Presidente da ACI/SE denuncia problemas na emissão do ITBI na Barra dos Coqueiros
Rolar para cima
Rolar para cima