Certificado atesta consumo de energia limpa nos shoppings do Grupo JCPM

Comprometidos em reduzir o impacto sobre o meio ambiente pensando no futuro, sete shoppings do Grupo JCPM passam a contar com a importante certificação internacional I-REC. O documento atesta que o consumo de energia dos empreendimentos, adquirida no mercado livre, é 100% de fontes renováveis. Além dessa declaração, os empreendimentos adotam medidas para demandar menos energia do sistema durante a operação, chegando a ser 30% menor em comparação a estruturas convencionais, sem investimento em tecnologias aliadas ao meio ambiente.

“As matrizes limpas emitem um volume inferior de gases poluentes, que alteram a temperatura do planeta e o equilíbrio dos ecossistemas. O consumo de energia certificada proveniente de matrizes energéticas mais sustentáveis contribui para desacelerar o aquecimento global e a recorrência e intensidade dos eventos climáticos extremos, que afetam diretamente o desenvolvimento socioeconômico dos territórios e a vida em sociedade”, explica a gerente de Sustentabilidade do JCPM, Thayara Pascoal.

Entre as iniciativas implantadas nos shoppings, destacam-se forte aposta em arquiteturas com iluminação natural, sistema de ar-condicionado inteligente, com autorregulação a partir da demanda real. O selo I-REC – sigla para International REC Standard – adota um sistema global de rastreamento para atestar que a energia é de fonte renovável e, por isso, funciona como garantia para os empreendimentos, representando um importante investimento em sustentabilidade. O selo contribui com as estratégias de redução de impactos climáticos adotadas pelas empresas do Grupo. O I­-REC é usado o Brasil desde 2017.

“Repensar a dependência de combustíveis fósseis é essencial para a sustentabilidade. Quanto mais diversas as fontes de energia, menor o risco de desabastecimento e, em se tratando de fontes de energia renovável, os impactos da geração e do consumo também são reduzidos. Dessa forma, o desenvolvimento econômico se alia à temática ambiental, permitindo a prosperidade dos mercados”, destaca Thayara.

INICIATIVAS

Os shoppings construídos nos últimos anos, como Salvador Shopping, Salvador Norte Shopping, RioMar Recife, Fortaleza e Kennedy adotam uma série de tecnologias e sistemas capazes de demandar menos recursos naturais. A gestão responsável da água, por exemplo, é uma das iniciativas mais relevantes do ponto de vista de impacto. O uso de descarga a vácuo em empreendimentos cuja circulação diária chega a 70 mil pessoas, além do ganho ambiental direto, demanda 80% menos de água em relação ao sistema comum. Outro efeito dessa medida é reduzir a carga sobre a rede de esgoto da região. O investimento em materiais com vida útil maior e a busca constante por fornecedores locais são outras decisões de gestão que impactam positivamente a sociedade.

Assessoria

WhatsApp Image 2024-04-09 at 10.57
Cícero do Santa Maria cobra realização de exames de ultrassonografias em Aracaju
WhatsApp Image 2024-04-09 at 10.57
“Famílias carentes não conseguem pagar taxa de esgoto da Deso”, afirma vereador Cícero do Santa Maria
G
Ricardo Vasconcelos: a esperança de uma nova história na política aracajuana
Rolar para cima
Rolar para cima