Governo de Sergipe capacita operadores do Programa Água Doce de nove municípios

O intuito é promover o correto uso dos dessalinizadores em benefício da população assistida, dando maior longevidade aos equipamentos. Paralelo ao curso, Coderse executa operação de manutenção geral nos 29 sistemas do PAD em Sergipe

Foram concluídas nesta sexta-feira, 26, as capacitações para operadores das 29 unidades de produção de água dessalinizada do Programa Água Doce (PAD) do estado. Ministrado em cinco cidades polos, o curso preparou os novos operadores e fez a reciclagem de conhecimentos dos atuais responsáveis pela operação dos sistemas. Os operadores são moradores de comunidades atendidas pelo programa federal, que é coordenado em Sergipe pela Secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri).

Com aulas teóricas pela manhã e práticas (em uma unidade do PAD próxima) pela tarde, os participantes foram preparados e certificados para cuidar do funcionamento e manutenção preventiva do dessalinizador e sistema de abastecimento em 29 comunidades de nove municípios: Canindé de São Francisco, Carira, Monte Alegre de Sergipe, Nossa Senhora da Glória, Poço Redondo, Poço Verde, Porto da Folha, Simão Dias e Tobias Barreto.

Quem executa as ações do programa são as empresas vinculadas da Seagri, Companhia de Desenvolvimento Regional de Sergipe (Coderse) e a Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro). O diretor de Infraestrutura Hídrica da Coderse, Ernan Sena, destaca que o objetivo maior das capacitações é a conservação dos equipamentos das unidades de dessalinização, o que é essencial para manter a qualidade de vida oferecida por essa política pública nas comunidades atendidas.

“A gente está capacitando quem ainda não tem o curso e dando a reciclagem para que esses operadores possam disponibilizar, para as suas comunidades, uma água de melhor qualidade. Isso para fazer com que o funcionamento dos dessalinizadores seja o mais correto possível, dando uma maior longevidade para esse equipamento”, orientou Ernan Sena. Ele ainda informa que a Coderse está percorrendo todas as 29 unidades de dessalinização no estado, fazendo a manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos.

José Correia é do povoado Recanto, em Poço Verde, e participou da capacitação.  Para ele, o dessalinizador trouxe muitos benefícios para a sua comunidade. “Evita muitas doenças que na região da gente acontece muito. Foi uma benção de Deus para nós, ver essa água doce, que a gente bebe, saudável. Diferente de quando a gente bebia água do tanque”, considerou. Além de Poço Verde, as capacitações foram realizadas em Canindé, Porto da Folha, Carira e Tobias Barreto.

O coordenador estadual do PAD em Sergipe, Vandesson Carvalho, informa que os usuários dos sistemas de dessalinização que participaram da capacitação, têm todo o preparo para cuidar das unidades do programa em suas comunidades. “Aqui eles sairão certificados e aqueles que fizeram a reciclagem, tiveram algumas atualizações, isso porque sabemos que a questão da ‘osmose reversa’ é uma tecnologia que sempre vai se renovando”, explica o coordenador. Ele ainda frisou como ponto positivo a assiduidade das mulheres ao curso, ocupando cerca de 40% das vagas.

Do povoado Cova da Índia, também em Poço Verde, Dona Maria Terezinha sabe da necessidade do bom zelo com o equipamento de dessalinização. Ela aprendeu todas as etapas do processo de funcionamento, conservação e está apta para atuar como operadora.  “Vim fazer o curso de operadora para cuidar da água e ter água saudável para oferecer para a comunidade. Limpar as caixas, deixar tudo em ordem, o poço e o sistema também”, ressaltou.

Assessoria de Imprensa

WhatsApp Image 2024-07-11 at 10.09
Banda Nata do Samba vai se apresentar em Aracaju nesta sexta-feira (12)
IMG_20240702_004334_115
Abrahão Crispim será homenageado na festa dos 90 anos do SEEB/SE
andersonramos_presidenteaci
Presidente da ACI/SE denuncia problemas na emissão do ITBI na Barra dos Coqueiros
Rolar para cima
Rolar para cima