Pontos de Entrega Voluntária impulsionam coleta seletiva e preservação ambiental em Aracaju

Foto: Sergio Silva

A Prefeitura de Aracaju prioriza ações de limpeza urbana e gestão de resíduos sólidos como parte de seu compromisso com o meio ambiente e o bem-estar dos cidadãos. Nesse sentido, por meio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), implementou e expandiu os Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) em diversos bairros da capital sergipana, fortalecendo a participação da população na destinação adequada de resíduos.

Os PEVs são caixas coletoras estrategicamente distribuídas pela cidade, destinadas a recolher resíduos recicláveis, como papel, papelão, alumínio, garrafas de vidro e objetos plásticos limpos.

Esses pontos, totalizando 57 em toda a capital, estimulam a educação ambiental por parte da população, promovendo a separação correta do lixo seco e contribuindo para a redução do descarte irregular. Além dos PEVs, a cidade conta com outros serviços complementares, como os Ecopontos e o Cata-Treco, todos integrados em um sistema abrangente de gestão de resíduos sólidos.

Segundo o diretor-presidente da Emsurb, Bruno Moraes, os PEVs são peça fundamental no planejamento estratégico da Prefeitura para uma cidade limpa e sustentável. “São parte de um esforço conjunto que envolve não apenas a coleta seletiva, mas também a educação ambiental e a manutenção de áreas verdes. São equipamentos espalhados de Norte a Sul e que têm uma boa avaliação da população. Não deixa de ser uma maneira de educar as pessoas, do ponto de vista ambiental. É um serviço que está consolidado e que deu certo, assim como os demais citados”, afirma o gestor, ao mencionar que Aracaju está entre as capitais com maior cobertura de serviço de limpeza do país.

A localização estratégica dos PEVs, conforme o diretor-presidente, é definida levando em consideração fatores como a dificuldade de acesso dos caminhões de coleta domiciliar e a quantidade de descarte irregular em cada região da cidade.

Além disso, há uma programação semanal para a limpeza desses pontos, garantindo a sua manutenção e preservando a qualidade visual e ambiental da cidade.

Balanço

Em 2023, segundo informações da Gerência de Limpeza Urbana (Gerlu) da Emsurb, foram retiradas dos PEVs aproximadamente 80,56 toneladas de resíduos recicláveis. De janeiro a abril deste ano, já foram coletadas 29,52 toneladas.

Todo esse material é segregado e encaminhado às cooperativas de reciclagem, contribuindo para a economia circular e a geração de emprego e renda. Essas iniciativas, na opinião de Bruno, consolidam Aracaju como referência em limpeza urbana e organização, demonstrando um compromisso com a sustentabilidade e o cuidado com o meio ambiente.

“Os Pontos de Entrega Voluntária representam um avanço significativo na gestão de resíduos sólidos em Aracaju, promovendo a sustentabilidade, a qualidade de vida da população e a construção de um futuro mais verde e saudável para todos”, afirma. 

CMA _
Nota de Esclarecimento - CMA
WhatsApp Image 2024-05-19 at 11.20
Projeto de Cícero do Santa Maria homenageia São Tomás More
Dra
Dermatologista explica causas de urticária em crianças
Rolar para cima
Rolar para cima