Presidente da CMA demonstra preocupação com o recapeamento da avenida Tancredo Neves

O presidente da CMA, Ricardo Vasconcelos (Rede) , utilizou a Tribuna nesta quinta-feira (22/02) e demonstrou preocupação com o recapeamento do asfalto na Avenida Tancredo Neves e comentou sobre outras questões ligadas à falta de infraestrutura em alguns bairros.

“A empresa que está fazendo o recapeamento na avenida Tancredo Neves acabou de finalizar o trecho em frente ao HUSE e ontem, quando passei, já tinha um buraco, uma cratera. É importante fiscalizar a espessura do asfalto, a qualidade do material, porque se com uma chuva já abriu um buraco, imagine no inverno: vai arrastar o asfalto todo e é dinheiro público no lixo. Por isso, reforço que é fundamental continuarmos fiscalizando”, apontou. 

O presidente também ressaltou que ouviu críticas sobre recursos da prefeitura que serão investidos em locais da zona de expansão, que ainda não estão muito povoados. Ricardo rebateu a crítica dizendo que “é fundamental estruturar primeiro a área para depois atrair a fixação de empresas e pessoas. É importante pensar na construção de creches, escolas, unidades de saúde, implantar saneamento básico, dentre outras ações. Só assim que pessoas e empresas vão ao local”, concluiu. 

Por fim, Ricardo Vasconcelos comentou que os vereadores fizeram um “acordão” para conceder o aumento do percentual ao orçamento do Executivo. “Quando tomamos a decisão de baixar o percentual para os 5%, falamos que se o prefeito necessitasse fazer o remanejamento, isso seria feito com o menor prazo possível. Não vamos compactuar com uma velha política. Quem tem que zelar pelo interesse público é o legislador, não adianta tumultuar. Continuamos com a mesma serenidade e convicção. Não criamos nenhum problema quando reduzimos para os 5%, assim como mantemos nossa postura republicana quando realizarmos a flexibilização do valor”, finalizou.

Apartes dos vereadores 

O vereador Pastor Diego (PP) reforçou o discurso do presidente, destacando que “ há um problema constante na qualidade do asfalto na cidade. Enquanto fiscais, não podemos aceitar que um serviço feito há 15 dias já apresente fissuras ou problemas.   Além disso, ontem, fomos à zona de expansão e percebemos que muitos locais sofrem com a falta de infraestrutura. No Robalo não há iluminação pública, por exemplo. Precisamos urgente que a Prefeitura de Aracaju comece a investir na infraestrutura dessa região”, pontuou.

A vereadora Emília Corrêa (PRD) destacou que a fala do presidente foi essencial. “Os problemas com o recapeamento da avenida Tancredo Neves têm cheiro de improbidade administrativa. Os valores  são exorbitantes e não condizem com uma espessura diminuta, que logo precisará novamente do serviço , causando transtorno à sociedade”, endossou.

Assessoria de Imprensa

WhatsApp Image 2024-07-11 at 10.09
Banda Nata do Samba vai se apresentar em Aracaju nesta sexta-feira (12)
IMG_20240702_004334_115
Abrahão Crispim será homenageado na festa dos 90 anos do SEEB/SE
andersonramos_presidenteaci
Presidente da ACI/SE denuncia problemas na emissão do ITBI na Barra dos Coqueiros
Rolar para cima
Rolar para cima