Senac e Sebrae dialogam sobre parceria para estimular o empreendedorismo

O diretor da Divisão de Educação Profissional (DEP) do Senac/SE, Adalberto de Souto, o gerente Núcleo de Novos Mercados e Inovação da instituição, Marco Gonçalves, e o diretor Administrativo Financeiro, André Gusmão, estiveram reunidos com Lara Andrade, gestora de startup, e Katiuscia Alves, gerente de Soluções Empresariais do Sebrae/SE. O encontro, que contou com a participação de técnicos das diversas áreas do Senac, foi para dialogar sobre a possibilidade de uma parceria para desenvolver as startups e estimular o empreendedorismo no Estado.

“Queremos unir as ideias novas que surjam no Sebrae e no Senac, e a missão de cada instituição. A nossa, que é educar para o trabalho, e a do Sebrae, que é transformar o empresário em protagonista. E isso gerará benefícios para a sociedade, já que quem empreende acaba gerando emprego e renda”, comenta Marco Gonçalves.

Esta é a segunda reunião entre representantes das duas instituições para planejar como será desenvolvida a parceria, estabelecendo as atribuições de cada parte, envolvendo inclusive alunos do Senac.

“Estamos vendo inclusive a realização de algum evento que possa estimular a inovação. Os alunos do Senac, que são nosso público, têm ideias boas, modelos de negócios que se encaixam numa startup e ainda nem sabem disso. E essa conexão do Sebrae com o Senac é muito importante para isso, porque vamos sensibilizar esses alunos, estimular a participação em eventos onde possam desenvolver ideias que mais adiante sejam de fato uma startup, e nós vamos acompanhar toda essa trilha”, reforça Lara Andrade.

 De acordo com o diretor da DEP, Adalberto Trindade Souto, o aluno ao concluir o curso passa a ter uma formação técnica, mas necessita dessa formação profissional empresarial e empreendedora.

“Os alunos que tiverem essa vocação, nós encaminharemos para que o Sebrae dê essa continuidade e eles se tornem empresários de sucesso. Pesquisas mostram que grande parte dos pequenos negócios não consegue sobreviver a partir do terceiro ou quarto ano de criado. Se esses pequenos empreendedores tiverem uma formação técnica e apoio administrativo terão negócios competitivos”, destaca.

Para André Gusmão, uma reunião com representantes das instituições do Sistema ‘S’, intensifica a integração e amplia possibilidade de atuação.

“Nós temos o Sebrae, o Sesc, o Senac, o Senai e o Sesi, que são instituições que fazem parte deste grande ecossistema que forma o sistema ‘S’ e a integração é o mais importante de tudo. As duas gerentes do Sebrae, Lara Andrade e Katiuscia Alves, estiveram aqui justamente para estreitar essas relações entre as entidades. Nós formamos um profissional e o Sebrae acolhe esse profissional para que ele possa desenvolver a sua força empreendedora. Quando unimos as duas missões, o nosso cliente, que é o nosso estudante, o nosso egresso, ele pode ter um futuro mais consistente”, enfatiza.

Ascom Senac/SE

WhatsApp Image 2024-07-11 at 10.09
Banda Nata do Samba vai se apresentar em Aracaju nesta sexta-feira (12)
IMG_20240702_004334_115
Abrahão Crispim será homenageado na festa dos 90 anos do SEEB/SE
andersonramos_presidenteaci
Presidente da ACI/SE denuncia problemas na emissão do ITBI na Barra dos Coqueiros
Rolar para cima
Rolar para cima