Senac e Seteem encerram 16 turmas da qualificação “Chocolates e suas produções”

Mais um curso oferecido pelo Senac Sergipe, em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho, Emprego e Empreendedorismo (Seteem), foi finalizado com uma mostra dos produtos elaborados pelos alunos. Ministrada pela instrutora Edivane Teles, foram ofertadas 16 turmas, nos turnos tarde e noite, da qualificação “Chocolates e suas produções”, com foco na procura de produtos no período de Páscoa.

Para a aluna Valmira Menezes concluir mais um curso de produção de doces e chocolates para a Páscoa é garantia de renda.

“Este é o quarto curso que faço e já depois de concluir o primeiro, consegui obter lucro com o qual consegui maquinários para trabalhar, sem precisar fazer nenhum empréstimo nem tirar da minha renda. Fiz o de panetones e de cozinha quente, que já estou divulgando entre os familiares e amigos, para que possam encomendar, juntamente com chocolates, agora na Páscoa”.

O convênio com o governo do Estado, por meio da Seteem, iniciou durante o Natal Iluminado 2023. Diversos cursos foram ministrados na carreta escola de gastronomia, que ficou instalada na Praça Fausto Cardoso, durante os meses de novembro e dezembro.

“Começamos na carreta, com foco nos produtos natalinos e muitos que fizeram os cursos, conseguiram ter lucro ainda no Natal, inclusive no local onde acontece sempre o Natal Iluminado. Demos continuidade com a produção de alimentos à base de chocolate.  E o trabalho não para, pois já estamos montando um cronograma de cursos de comidas típicas juninas, cuja tradição é forte em Sergipe. São qualificações voltadas para pequenos empresários que querem se aprimorar, e pessoas que desejam empreender e ter lucro”, destacou José Américo Siqueira, gerente do Centro de Gastronomia e Turismo (CGT).

O encerramento contou com a participação do diretor Regional do Senac-SE, Marcos Sales, que experimentou os produtos elaborados pelos alunos.

“Estamos nesta oficina de doces que está sendo finalizada e ficamos muito felizes em ver a produção dos alunos, a palha italiana, o pão de mel e muitos outros. Foram 10 pessoas que participaram da qualificação e que agora poderão empreender, ter dignidade através do trabalho e da renda que conquistarão com a produção desses produtos, que são bastante procurados durante a Páscoa. O Senac está fazendo o seu papel, colaborando com a sociedade e de braços abertos para fazer essas transformações, por meio de parcerias com o governo do Estado, visando educar para o trabalho, fazendo a inclusão dessas pessoas, com inovação e dignidade”, enfatizou o diretor.

Assessoria

WhatsApp Image 2024-04-09 at 10.57
Cícero do Santa Maria cobra realização de exames de ultrassonografias em Aracaju
WhatsApp Image 2024-04-09 at 10.57
“Famílias carentes não conseguem pagar taxa de esgoto da Deso”, afirma vereador Cícero do Santa Maria
G
Ricardo Vasconcelos: a esperança de uma nova história na política aracajuana
Rolar para cima
Rolar para cima